quinta-feira, março 13, 2008

Concorrência...concorrência..

Luta com a concorrência: não tem fim!

E as campanhas têm se mostrado cada vez mais diretas no sentido de "brigar" pelo seu público e é uma boa alavanca para a critividade. Um exemplo é a campanha do jornal Folha de São Paulo.



É uma boa estratégia, mas é preciso tomar cuidado ao usá-la... Muitas pessoas podem não encarar bem e despertar um sentimento de pena pela concorrência que foi atingida pela ação.

No caso do exemplo, a estratégia foi bem utilizada, criando um certo humor.


Por Lica Ornelas
Fonte: Publicidade no Ato

5 comentários:

Victorino Rodriguez disse...

Legal, me empolgo quando o assunto é concorrência...

O mercado brasileiro não é o melhor mercado para ser direto ao concorrente. O brasileiro ( segundo pesquisas ) é um público solidário e acaba sendo favorável ao agredido.

Internacionalmente falando o uso direto da marca concorrente gera excelentes propagandas...
Vale lembrar da guerra Coca cola x Pepsi que sai cada propaganda muito legal.

Leonardo disse...

Pois eh, realmente se fosse usado e veiculado na mídia não sei se seria muito bom pra folha, talvez repercutisse mal.Mas pela criatividade do anúncio ficou nota dez.

Lula disse...

Massa! "Folha: um nome bem sacado".

Gladson Amaral disse...

Isso ainda vai dar muito o que falar!!!

Micarlos Medeiros disse...

meu, isso é uma peça fantasma.
feito pra um concurso fantasma.
e vc levou a sério?
ate o nde vc fuçapra publicar uma notícia? ou só replica?
isso nao é webnew.